Os vermes em crianças também conhecidos na medicina como parasitas são organismos que vivem e se manifestam no intestino tanto de adultos como crianças. Alguns desses bichinhos que resolvem habitar nas barrigas alheias podem ser vistos a olho nú, como é o caso das tão conhecidas lombrigas.

Existem os bichinhos que não podem ser facilmente visualizados que são conhecidos como protozoários parasitas, que é o caso da giárdia. A transmissão de ambos ocorre através da ingestão dos ovos do parasita, que podem acontecer através de alimentos maus lavados que contenham um resíduo de terra ou ate mesmo pelo simples fato da criança colocar a mão suja após a brincadeira na boca. Por isso raramente você escutará sobre vermes em crianças menores que 6 meses, que pouco tem contato com o chão assim não tendo contato com os fatores de risco. Outro quadro que é fora de risco de vermes em crianças, é das que se alimentam através de aleitamento materno exclusivo, pois não correm risco de ingerir alimentos contaminados.

Um dos vermes em crianças mais conhecidos e com maior número de ocorrências, é a lombriga. Esse bichinho pode chegar a medir ate 40 cm dentro de uma pequena barriguinha , mas precisamente dentro do intestino. A lombriga se desenvolve e se alimenta através dos nutrientes do corpo da criança, o que acaba gerando problemas sérios de saúde, como:

  • Retardo no crescimento
  • Obstrução intestinal (o que deixa a barriga da criança inchada)
  • Alteração do humor e comportamento da criança

Nem sempre os vermes em crianças apresentam sinais e são somente descobertos através da realização de um exame de fezes especifico, mas quando ocorrem podem acontecer de forma variada, como:

  • Dores abdominais frequentes
  • Prisão de ventre
  • Náuseas
  • Alteração do apetite (tanto pode aumentar como diminuir)
  •  Alteração no peso
  • Indisposição

Outro parasita não tão comum mais nos dias hoje, mas que ainda podem ocorrer é o que ocasiona o conhecido “amarelão”, esse verme acaba sugando sangue do intestino da criança, sugando todos os nutrientes da criança, ocasionando falta de ferro, proteínas e vitaminas deixando a criança anêmica. O amarelão pode deixar a criança com problemas cardíacos, pulmonares e ainda afetar no crescimento e desenvolvimento da criança. Esse tipo de verme costuma contagiar a criança pelo contato da pele, normalmente ao pisar em locais contaminados.

Como Tratar as Crianças com Vermes?

Existe uma extensa lista de remédios para vermes, mas devem ser receitados e prescritos pelo pediatra. Através de exames ou ate mesmo dos sintomas, o medico saberá qual tipo de vermes se trata e qual a dosagem a ser tomada pela criança. O aconselhado é que o exame de fezes seja feito frequentemente, obviamente sendo solicitado pelo pediatra responsável pela criança e quando achar necessário.

Como Evitar os Vermes em Crianças?

A boa higiene é essencial para manter os vermes  e todo tipo de parasitas longes não só das crianças, mas como de toda família. Animais de estimação devem estar devidamente vermifugados também para que não contagiem através das fezes, as pessoas que tem contato direto com eles, por isso converse com um veterinário.

Os demais cuidados que devem ser seguidos de forma rotineira são:

  • Lavar sempre as mãos antes das refeições e após utilizar o banheiro
  • Beber somente água potável, filtrada ou fervida.
  • Lavar bem alimentos, principalmente verduras, legumes e frutas.
  • Cozinhar bem alimentos, principalmente carne de porco.
  • Manter a residência e o local onde as crianças brincam sempre limpo

Evitar andar descalço e de colocar as mãos na boca mesmo sendo uma tarefa bem difícil quando a criança esta na fase oral ou quando tem o hábito de roer unhas, mas são cuidados que devem ser tomados para evitar a contaminação e assim evitar os vermes em crianças.

Veja também: Infecção Urinária em Crianças – Entenda Sobre Essa Vilã

Foto: Jenny Addison, Shana