Corrimento Marrom É Sinal de Gravidez?

Quem quer engravidar ou mesmo quem ainda não quer, mas desconfia dessa possibilidade, pode vir a ter esta dúvida quando alguma coisa semelhante acontece. Afinal, corrimento marrom pode ser sinal de gravidez? O que fazer quando a possibilidade de gravidez existe e esta secreção amarronzada aparece por um, dois ou alguns dias e em pouca quantidade?

Será que devo me considerar grávida? Para resolver estes dilemas vamos entender mais um pouco do nosso corpo. Isso fará com que evite stress ou expectativas desnecessárias, próximo ao término do ciclo. Em primeiro lugar entender a diferença de corrimento e secreção de muco é fundamental.

Diferença Entre Corrimento e Secreção de Muco

Normalmente o corrimento é algo ruim, proveniente de alguma infecção ou doença intima, por isso o correto a se dizer é secreção de muco, esta é normal do organismo saudável. Se o corrimento marrom for acompanhado de ardência ou mal cheiro, um médico deve ser consultado imediatamente.

Devemos entender que o corpo é uma caixinha de surpresas e nesta os hormônios comandam absolutamente quando o assunto é fertilidade. Eles podem trazer algumas alterações momentâneas em alguns ciclos devido a essa quantidade imensa de hormônios oscilarem constantemente.

Por isso, as borras e corrimentos marrons podem acontecer e não necessariamente haver uma gravidez. O ideal é que a mulher esteja consciente deste fato para não criar falsas expectativas. Corrimento marrom pode ser sinal de gravidez, mas também há outras possibilidades como, por exemplo, escape por baixa hormonal (progesterona), sangramento de ovulação e também inicio da menstruação, sangramento por privação ou induzido por pílulas do dia seguinte.

IMPORTANTE: Em caso de dúvidas é essencial procurar um médico e realizar exames para dar o diagnostico correto. Se for gravidez o acompanhamento de pré-natal deve ser iniciado.

Corrimento Marrom Pode ser Gravidez? Nem Sempre…

Na baixa hormonal, o sangramento marrom acontece pela descontinuidade da quantia necessária de progesterona. Com isso, o endométrio terá uma construção diferenciada, será maior parte à base de estrogênio e a pouca progesterona dará um aspecto mais escuro neste sangue.

A coagulação será diferenciada de um ciclo com endométrio com duas fases hormonais corretas, estrogênio na fase de ovulação e progesterona na fase pós ovulação. Corrimento marrom claro pode ser gravidez à partir do momento em que este sangramento não for intenso, com fluxo e coágulos mesmo que amarronzados.

Sangramento de Ovulação

O sangramento de ovulação também pode confundir muito as mulheres que querem ou não engravidar. Normalmente a tendência é que ele aconteça no meio do ciclo, mas como existe a possibilidade de ovulação tardia, também pode acontecer no final desse, ou quando a mulher já espera pela menstruação. Ele pode ter aspecto amarronzado ou ser de um sangue ralo parecido com uma gosma elástica. Esse sangramento pode despertar desconfiança, porém ainda não significa que a mulher esteja grávida ainda que tenha o corrimento marrom.

Início Menstrual

O início da menstruação também pode ser marrom! Algumas mulheres tem este fluxo por alguns dias antes ou depois da menstruação vermelha e com fluxo. Considerado perfeitamente normal pelos médicos, ela pode vir aos poucos e deixar uma pulga atrás da orelha da tentante. Por isso, é sempre melhor esperar alguns dias e ver se o fluxo aumenta gradativamente ou repentinamente, vindo de fato a menstruação. Corrimento marrom pode ser sintoma de gravidez quando este fluxo vermelho ou mesmo que marrom não venha com intensidade. Ai sim deve-se considerara a hipótese de gravidez.

Pílula do Dia Seguinte

A pílula do dia seguinte (pds) é a rainha dos corrimentos marrons! Sabe por que? Porque ela eleva os níveis de progesterona para evitar com que a mulher engravide. Assim ela provocaria a menstruação antecipada desta mulher. Este sangramento após a ingestão da pílula do dia seguinte é corriqueira e confunde muitas mulheres que têm na pds um método emergencial em coitos sem proteção. Causando um corrimento marrom antes da menstruação vir de fato! Tomei a pílula do dia seguinte, tive corrimento marrom, estou grávida? Nem sempre, alias a recomendação é de que se faça um teste caso a menstruação normal não venha após a ingestão da pílula.

Não nos dias que se seguem, mas sim no próximo ciclo. A eficácia desta pílula não é das melhores e pode acontecer sim a gravidez. Também existe a situação do anticoncepcional, assim como a pílula do dia seguinte, após parar a continuidade, é possível que se tenha esses escapes marrons quando suspender o uso.

Por fim podemos dizer que, sim, corrimento marrom pode ser sinal de uma gestação por vir. Isso devido ao sangramento de implantação (nidação) que pode acontecer assim que o bebê se aloja no endométrio materno. Porém esse corrimento marrom claro é a exceção e não a regra.

Grande maioria das gravidezes acontece sem ter a nidação aparente, com sangramento. A melhor solução em caso de suspeita de gravidez, é esperar para ver a intensidade e duração deste sangramento, pois nem todos os sangramentos são de implantação. Antes desse, deve –se considerar as hipóteses anteriores e, claro, aguardar o momento certo para fazer um teste.

Dúvidas das Leitoras:

Como tratar o corrimento marrom?

Se seu corrimento marrom não está dentro dos padrões de normalidade como final menstrual ou após relação sexual é necessário descobrir a causa, já que pode ser resultado de alguma infecção vaginal como a candidíase ou a tricomoníase. Se vir acompanhado de mau cheiro, continuar por mais que 3 dias, dor e coceira o ginecologista deve ser consultado para indicar o tratamento adequado a infecção em questão.

Quando corrimento marrom é sinal de gravidez?

Quando ele vem em pouca quantidade, sem odor, sem coceira e acompanhado de outros sintomas de gravidez como o atraso menstrual, sensibilidade nos seios e náuseas.

Veja também: Quanto Tempo Demora Para Engravidar Após o Anticoncepcional?

Foto: SCA Svenska Cellulosa Aktiebolaget