Com todas as mudanças que ocorrem no corpo da mulher devido à gravidez, o seu sistema imunológico também passa a sofrer alterações. As mulheres ficam com a imunidade mais baixa neste período as deixando mais propensas a terem algum tipo de virose na gravidez. Nesse período é necessário que as mulheres redobrem ainda mais os cuidados com a sua saúde.

A gravidez é sim um momento de alegria, mas também é um momento que requer cuidados, pois uma gestação saudável é benéfica não só para a mãe, mas também para o bebê. Assim, a gestante ao cuidar da sua própria saúde estará também cuidando da saúde do seu filho que ainda nem nasceu.

Recomendações Básicas

Para que a grávida leve uma vida tranquila e saudável é necessário que ela tenha uma boa alimentação, que beba bastante líquido, que não fume e nem consuma bebidas alcoólicas. Principalmente deve seguir as recomendações do seu médico e adotar uma vida também saudável. Entretanto, apesar de seguir todas as recomendações possíveis a mulher poderá ainda ser surpreendida por alguma virose durante a gravidez.

IMPORTANTE: Com as alterações hormonais que ocorre no corpo da mulher quando gestante é comum que o seu sistema imunológico fique baixo e que por isso, mesmo se alimentando bem e indo regularmente ao médico, ainda assim é possível ter algum tipo de virose.

O corpo combate diariamente a diversos tipos de bactérias, vírus e micróbios e o sistema imunológico é o responsável pela defesa do organismo, expulsando esses invasores. Um bom trabalho feito pelo sistema imunológico resulta em uma vida com mais saúde e disposição, pois sua função é justamente deixar as pessoas livres de doenças, mas para isso é necessário que a imunidade esteja alta, e esse não é o caso nas mulheres grávidas. O sistema imunológico das gestantes encontra-se baixo devido às variações hormonais que elas sofrem por conta das mudanças no corpo durante a gravidez. A baixa imunidade na gestação traz consequências para as grávidas e dentre elas está uma maior probabilidade em ficarem doentes, pois seu corpo está mais propenso à invasão de células virais e bacterianas. Por essas e outras que ser acompanhada por um médico durante toda a gravidez é essencial.

Uma dica para as gestantes: quer melhorar o prazer do sexo durante a fase gestacional? Use gels lubrificantes a base de água que fazem o papel do muco cervical e ainda controlam o pH vaginal, reduzindo as chances de proliferação de fungos e bactérias responsáveis por infecções. A Famivita desenvolveu o lubrificante perfeito para as tentantes e gestantes, o FamiGel. Você pode compra-lo aqui em nossa loja virtual.

Sintomas de uma Virose

Diante de uma virose na gestação não é necessário que a mulher entre em pânico, o bebê não será afetado. Isso só ocorrerá caso não siga todas as recomendações preventivas do médico, pois uma virose só atingirá o bebê, caso esta não se hidrate corretamente durante uma virose.

Um organismo bem hidratado além de ter um funcionamento melhor, faz com que o bebê se desenvolva ainda mais saudável. A virose assim como qualquer outra doença também apresenta sintomas, e os principais sintomas podem ser facilmente identificados, são eles:

  • Febre
  • Diarreia
  • Falta de apetite
  • Enjoo
  • Vômito
  • Dor muscular
  • Dor abdominal
  • Dor de cabeça
  • Cansaço
  • Mal-estar

Não é necessário que a mulher durante sua gravidez espere sentir todos eles para poder procurar um médico. Se a gestante sentir dois ou até mesmo um só desses sintomas, já se torna motivo suficiente para procurá-lo.

Viroses Mais Comuns

Dentre todos os tipos de viroses, há dois tipos que são bastante comuns:

Rotavírus – é uma doença de fácil transmissão. Seu contágio se dá principalmente por via aérea, alimentos, água e por meio das mãos.

Norovírus – Não é tão comum quanto o rotavírus. Seu contágio pode ocorrer pela ingestão de alimentos crus feitos por mãos infectadas.

Como Tratar uma Virose na Gravidez

Pegar uma virose é bastante desagradável, principalmente quando se esta grávida, pois além do corpo ter que se adaptar com todas as mudanças provocadas pela gravidez, terá que dar conta também de uma virose, deixando, assim, a mulher numa situação ainda mais delicada.

Por isso que é importante o acompanhamento do seu obstetra mesmo que não esteja sentindo sintoma algum, e se acaso sinta um dos sintomas listados acima é importante que siga corretamente as recomendações passadas por ele.

O médico poderá passar alguns medicamentos específicos para a gestante, mas outras recomendações também deverão ser seguidas, como:

  • Ficar em repouso
  • Comer alimentos saudáveis
  • E beber muita água para se manter-se hidratada

Portanto, tratar uma virose não é algo muito complicado é até simples. Mas por ser simples não quer dizer que não requeira certa atenção, muito pelo contrário. A qualquer sinal de mudança ou alteração no corpo deve sim ser informado e acompanhado pelo seu obstetra.

Veja Também: Relação Sexual na Gravidez, Pode?

Foto: TC-Torres