O Zinco é uma vitamina pouco comentada, mas com grande poder antioxidante e essencial para o melhor desenvolvimento e funcionamento do organismo. Os alimentos ricos com a vitamina Zinco são de origem animal como peixes, peru e frango e agem principalmente no sistema imunitário.

O que é a Vitamina Zinco?

O Zinco é um mineral encontrado em grande parte do organismo humano, grande parte nos tecidos do corpo. Atua de forma poderosa em diversas funções corpóreas, desde o crescimento adequado de células até o controle de produção da testosterona do corpo. Atualmente a vitamina Zinco é uma das maiores procuras entre os atletas, por ter um papel tão importante na produção do hormônio testosterona. Essa vitamina por ativar as enzimas antioxidantes estimula o funcionamento imune do organismo.

O zinco é um mineral que também é encontrado na corrente sanguínea e através do controle de seus níveis é capaz de se diagnosticar alguns problemas de saúde como aterosclerose e a insuficiência cardíaca crônica em caso de níveis alterados. No caso de níveis reduzidos é possível diagnosticar anemia perniciosa, desnutrição, cirrose alcoólica, anorexia e tuberculose. Os valores de referência para normalidade de zinco no sangue é de 70 a 120 ug/dl e no zinco encontrado na urina de ate 900 ug/g. A falta de zinco no organismo pode trazer sérios danos à saúde, como atraso na maturação sexual e dos ossos, queda de cabelos, lesões na pele e falta de apetite.

Alimentos que Possuem

Normalmente encontramos o zinco em alimentos de origem animal, e são de extrema importância para o fortalecimento do sistema imunológico, deixando-o mais forte para combater doenças causadas por bactérias, vírus e fungos. Sendo as principais fontes dessa vitamina, alimentos como:

  • Ostras
  • Peru
  • Fígado de frango
  • Amêndoa
  • Amendoim
  • Feijão de soja
  • Carne de boi
  • Peixes

Encontramos também a vitamina Zinco nos camarões, gérmen de trigo, cereais, grãos integrais, ervilhas secas, grão de bico e legumes. Sua ingestão tem quantidade adequada para cada fase da vida, sendo de 3,0 a 8,0 mcg/dl para crianças de 1 a 13 anos e de 8,0 a 11 mcg/dl para a faixa etária de 14 a 18 anos. Os valores indicados a constar no sangue são de 70 a 130 mcg/dl e na urina 230 a 600 mcg/dl, sendo considerada uma pessoa saudável.

Além de ingerirmos essa rica substancia através dos alimentos, podemos consumi-los através da ajuda de suplementos vitamínicos, que farão o papel de suprir a necessidade diária do zinco. Encontramos essa vitamina em forma de cápsulas que oferecem a quantidade exata para consumo e podem ser encontradas facilmente em drogarias e lojas virtuais que oferecem esse tipo de produto. Podemos consumi-las através de cápsulas que contenham somente a vitamina zinco, como demais que são encorpadas com demais substâncias como cálcio, selênio e magnésio.

Benefícios

São grandes os benefícios que o zinco traz a saúde humana, ele é importantíssimo no melhor funcionamento do sistema imunológico, na melhora da cicatrização, no controle da diabetes e ate mesmo na diminuição do nível de stress. É uma vitamina poderosa para os cuidados com os cabelos, diminuindo a queda e trazendo mais vida e força. Uma ótima indicação também para quem esta na batalha contra o peso, o zinco é utilizado para diminuir o apetite e reduzir o peso.

Além dessa diversidade de benefícios, o zinco ainda traz ajuda no crescimento, controle de pressão arterial e é um auxiliar no tratamento da depressão. Tem forte poder no tratamento da pele controlando os níveis de testosterona, principal responsável pelo aparecimento de acnes e espinhas. Evita também o desenvolvimento do eczema ou dermatite atópica como é popularmente conhecida, que é causada pela deficiência da vitamina zinco no sangue, mantendo uma pele vistosa e saudável.

Muitas enzimas do corpo são dependentes do zinco para o seu melhor funcionamento, que é o caso do colágeno. O zinco promove o desenvolvimento do colágeno acelerando o processo de cicatrização de feridas. É um forte combatente dos transtornos de próstata, a sua falta pode provocar um crescimento nas glândulas da próstata, existindo grandes chances de evoluir para um câncer. Age no combate de perdas ósseas e desenvolvimento da osteoporose, pois o Zinco é um componente de hidroxiapatite que é um dos responsáveis pelo fortalecimento dos ossos, mantendo-os duros e fortes.

Zinco na Gravidez

Durante a gestação a mulher deve redobrar os cuidados com sua saúde, alimentação e rotina. Todos os cuidados são necessários para um melhor desenvolvimento do feto e para que a mulher tenha uma gravidez e parto tranquilo. Durante o pré-natal será recomendado pelo obstetra à utilização de vitaminas que auxiliarão nesse processo e complementação das vitaminas.

Cada uma das vitaminas recomendadas tem suma importância no desenvolvimento do feto, mas o zinco é essencial nesse papel. Ele é responsável pela multiplicação celular, pelo desenvolvimento dos neurônios da criança e do fortalecimento dos ossos.  A vitamina Zinco junto do ferro são essenciais para a boa nutrição de mãe e bebê, auxiliando na construção do DNA e material genético. Mantendo no cardápio a inclusão de alimentos ricos em zinco, ou se necessária a complementação através de suplementos, a criança terá menos chances de apresentar problemas de déficit de atenção, desnutrição e distúrbios no crescimento.

Algumas mulheres acreditam que a ingestão desse suplemento durante a gravidez, possa causar ganho de peso excessivo. Mas é comprovado que as vitaminas servem para nutrir mãe e filho não apresentando alterações alguma no ganho de peso. Mas caso seja constatado ganho excessivo, o medico deve ser informado para que seja passada uma dieta mais balanceada e com menos concentração de gordura.

Foto: Kim Jones